Páscoa 2012

Esse ano tive um pouco de dificuldade para escolher as atividades de páscoa para a minha turminha.

Havia muitas idéias e só uma semana para executá-las, então tive que excluir algumas, selecionar as mais práticas, afinal sou eu e Deus pra cuidar e aplicar as atividades nos 25 anjinhus de 3 anos que tenho na minha sala.

Fizemos uma máscara de coelho com EVA , onde eles pintaram com guache livremente. Foi uma senhora lambança. Com direito a mesas cobertas de guache e as meninas da limpeza querendo me esfolar. Sorry, da próxima cubro as mesas, juro que não esqueço.

Mas olha como ficaram lindas…

Aqui segue o molde da mascara. Optamos por prender com uma tira de EVA de 3 centímetros, pois com elastex eles ficam puxando e sempre rasga.

Também fizemos um boneco do coelho com EVA cor de pele, onde as crianças escolhiam a cor do macacão feito de tnt que ele ia usar e o enfeitavam com cola glitter, lantejoulas, cola colorida.

Ficaram lindas e foi bem divertido, além de emocionante ver eles se virando sozinhos. Uma melequeira de cola glitter por todo lado, mas bem legal.

Outra ideia que surgiu também foi de fazer uma embalagem para colocar os ovos de pascoa em formato de cenoura, mas infelizmente não deu tempo, fica pro próximo ano.

A ideia era fazer o corpo da cenoura com EVA branco, onde eles pintariam com giz de cera laranja. Depois era só colar com cola quente e fazer as folhas de TNT verde.

E quem tiver ideias a sugerir, por favor, estou aberta a sugestões…

Leituras….

Ultimamente tenho lido pouco, não tanto como gostaria.

Quando tava estudando lia quase que dois livros por mês, e não tô falando dos livros da facul não.

Bem, acho que por causa da facilidade de pegar livros emprestados na biblioteca da faculdade, ler era um hobby constante e diário, que estou tentando retomar.

No final do ano passado, ao folhear uma daquelas revistas da Avon, vi um livro que me chamou muito a atenção, tanto pela capa quanto pela sinopse, e resolvi comprar: Fallen de Lauren Kate, uma série em quatro livros.

Em menos de um mês (dezembro/2011) terminei o primeiro e comprei Tormenta o 2ºvolume, que comecei a ler durante as minhas férias em janeiro. Em uma semana parti pra comprar o 3º volume Paixão e soube que não havia sido lançado o 4º volume Rapture ainda.

Ahhhhhhhhhhhhhhhh! Que vontade de estourar o mundo. Iniciei o Paixão, sabendo que ficaria na frustração e ansiedade do 4º volume. Odeio esperar quanto se trata de ler a continuação de uma história.

Mas fazer o quê?

O negócio é esperar junho/2012, data prevista pra lançar o livro lá nos EUA. Espero que a galera da editora aqui no Brasil acelere pra publicar a versão em português.

Enquanto isso…. reiniciei a leitura do primeiro volume…

Li alguns livros nesse meio tempo e preciso reavivar minha memória quanto alguns detalhes da história.

Li em um site, que  a Disney comprou os direitos autorais do livro e pretende lançar um filme. Espero que não detonem com a história e selecionem bem os atores.

Enquanto isso vou ficando por aqui, tentando fazer a leitura dos três primeiros volumes durar pelo menos até junho. Bem, falta menos de 2 meses.

Qualquer coisa eu recomeço tudo de novo.

Dilema…

É pessoas, faz tempo que não apareço por aqui…

Faz tempo que venho prometendo postar algo, mas não sei exatamente o quê.

Bem… agora percebo que é porque faz tempo que não me encontro verdadeiramente.

Sabe quando você se depara consigo mesmo e não sabe quem você é nem para onde está indo?

Ando me sentindo assim ultimamente, como se nada fizesse sentido na minha vida. Com exceção da minha boneka, que é a única coisa que me dá razão de existir.

Ás vezes me pego pensando como seria minha vida se tivesse tomado decisões diferentes ao longo da minha estrada. Se tivesse dito alguns nãos ou se tivesse dito outros sims. Chego até a imaginar como seria, ou como não seria.

Como se uma novela fosse florescendo na minha mente, onde sou a protagonista mas ao mesmo tempo uma telespectadora ávida pelos próximos capítulos.

Complicado, né.

Sentimentos são….

Sentimentos são
Fáceis de mudar
Mesmo entre quem
Não vê que alguém
Pode ser seu par

Basta um olhar
Que o outro não espera
Para assustar e até perturbar
Mesmo a Bela e a Fera

Sentimento assim
Sempre é uma surpresa
Quando ele vem
Nada o detém
É uma chama acesa

Sentimentos vêm
Para nos trazer
Novas sensações
Doces emoções
E um novo prazer

E numa estação
Como a primavera
Sentimentos são
Como uma canção
Para a Bela e a Fera
Sentimentos são
Como uma canção
Para a Bela e a Fera

Sempre, desde pequena, sou fascinada pelos filmes da Disney. Mesmo depois de fazer um trabalho na faculdade sobre como os contos de fadas podem ser impregnadas de preconceito, não consigo apagar a  magia deles incrustada no meu ser.

Pode parecer besteira e até mesmo estranho uma “cavalona” de 25 anos fascinada por contos de fada. Acho que esse jeito meio criança que me fez querer trabalhar como professora. O filme que mais gosto é “A pequena sereia;, quando criança fazia meu pai alugar a fita (pré histórico, né) toda vez que íamos  à locadora, e tinha um caderno com a letra de toda sas músicas do filme.

Esta semana, minha coordenadora conversou conosco sobre a possibilidade de montar-mos uma peça, com as crianças, sobre a história da Bela e a Fera, trabalhando com elas sobre valores. Procurando na net sobre o filme e a música tema do mesmo, encontrei a letra que copiei acima, e não sei ao certo porque comecei a refletir sobre ela.

Você, que lê esse post agora, pode achar besteira e dizer :”Acordaaaa, é só a letra de uma música para crianças”, mas não sei porque, me tocou.

Afinal, para pra pensar e vê se não é verdade: quando um sentimento nos arrebata, principalmente o amor, vem de repente sem avisar e sem nossa permissão. Nos aplaca e nos deixa sem reação. Pernas bambas, coração acelerado e qualquer palavra nos soa como sinos ao ouvido.

Pessoas, como eu tô romântica hoje, né.

Ou sensível, sei lá.

Mas e vocês como estão se sentindo hoje?

No entanto, essa regra pode se enquadrar em qualquer sentimento: ira, tristeza, felicidade, etc. Nossos sentimentos são complexos e mutáveis, totalmente inconstantes, alguém discorda? Se discorda, me convença, por favor.

Mas enquanto isso…

Pra quem quiser assistir o clipe da música:

Em inglês:

http://www.youtube.com/watch?v=veAIhluh31c&feature=player_embedded

Ou em português:

http://www.youtube.com/watch?v=ljvfi8qgs4s

Beijokas…..

Aquecendo…

É pessoas estou aqui…

Decidida a levar esse blog adiante, mas meio que sem saber aonde isso vai dar.

Tenho muita coisa a dizer, mas também muito pudor de falar.

Posso falar da minha vida, da minha familia, dos meus amigos, do meu trabalho… enfim, a lista é infinita e com ela as possibilidades.

Bem, para aquecer…

Amo, amo, amo meu trabalho. Sou professora de educação infantil e tenho o enorme privilégio de acompanhar a mesma turminha desde o berçário. Lindos, lindos, lindos…

Uma das melhores coisas do mundo é ver o crescimento e evolução de uma criança tendo a consciência que você faz parte daquilo, que você contribuiu na formação daquela criança-sujeito.

É ver aquela criança fazer algo de novo, como amarrar um sapato, e quando alguém pergunta ela diz: Foi a professora que me ensinou.

É receber uma criança pela manhã ou despedir-se dela à tarde e ela dizer: Te amo!

É impossivel não se apegar aqueles anjinhos. Apesar das loucuras, da bagunça e de toda confusão de 25 crianças a ensinar, cuidar e educar, tudo é recompensado com um beijo, um abraço, um sorriso e até com um simples olhar.

Eu amo amo amo amo meu trabalho…

Voltei….


Isso é, se existe alguém aí me esperando. Espero que sim, mas no fundo sei que é meio dificil, né.

Afinal foram-se três longos anos de silêncio.

Para quem não sabe, comecei esse blog  a pedido de um Professor na facul. Seria um trabalho da matéria, a principio divertido, mas com o tempo perdeu sua graça, como tudo que é feito sobre exigência. Objetivo: conversar usando as tecnologias, pelo menos é o que lembro. Prof  Jarbas, espero que estejo certa.

Achava que este blog já havia sido bloqueado ou desativado por falta de acesso, quando me chega uma mensagem de email pedindo atualização. E agora, depois de três anos tenho vontade de” conversar”. Bem, antes tarde do que nunca. Espero que haja alguém aí disposto a me ouvir e responder ou isto será apenas um monologo?

Saberei em breve, né…

Volteiiii pessoas… E com tudo…

Aguardem novos posts….

Sombra e Água Fresca…

Na semanaquesepassou, iniciaram as aulas da Facul

Estamos aí, na reta final… Tá quase no fim

E isso foi justamente uma das coisas que a maioria dos professores frisaram bastante na semana de volta das férias, pondo em números, daria mais ou menos: 3 meses ou 15 semanas ou 84 dias.

Poxaacabandomesmo

 

Mas não sei se sinto alívio, pois acabou a saga de trabalhofaculcasa, tendo apenas algumas horas pra dormir entre trabalhos, estágios e provasOu me desespero, afinal tenho apenas 3 meses para terminar trabalhos, apresentar seminário, concluir estágios, finalizar monografia e apresentá-la, além de estudar para as provas finais… Como vêm enfatizando muito de nossos professores.

É pessoal, faculdade não é brincadeira, não… Isso é quando você se aplica e se empenha para sair de lá com algo mais que o diploma… Se o seu objetivo é realmente ter algum conhecimento, conteúdo e bagagem para tornarse um profissional competente.

Mas falando assim, parece que mal posso esperar a hora de acabar para esquecer todo esse sufoco e deixar pra trás, né…

Em uma aula de Di Mais

Entradas Mais Antigas Anteriores Próxima Entradas mais recentes