Moda para gordinhas…

Antes, ser magra era tido como símbolo e referência de beleza em todo mundo. No entanto, isso tem mudado muito internacionalmente falando.

No Brasil essa moda ainda está um pouco timida, mas muitas lojas e grifes já vem se adaptando para atender essa faceta da moda que vem crescendo consideravelmente no últimos anos.

A moda para gordinhas, conhecida como Plus Size, é a revolução que o mundo da moda precisava para desmistificar essa lenda de que para ser bonita é preciso usar tamanho PP ou P.

As vezes, é dificil encontramos lojas que atendam as nossas peculiaridades, e temos que inventar e reinventar para nos vestir. Se você usa G, GG, GGG ou seja lá quantos Gs, o importante e se sentir bem, sem ter que se esconder em roupas largas ou andar só de preto.

Uma maneira  de acabar com esse estresse de entrar em uma loja e sair de lá com a frustração de não encontrar nada que lhe sirva é apelar para a boa e velha costureira. Escolher modelos em revistas, na net e mandar fazer a roupa sob encomenda.

Mas, para aquelas que tem disposição para andar e procurar, muitas lojas já disponibilização tamanhos especiais para atender-nos, ainda em pouca quantidade, sim, mas aos poucos, vamos conquistando cada vez mais nosso espaço.

Particularmente, indico as lojas Pernambucanas, da qual sou cliente, que possui uma linha só de Plus Size, a Anne Claude, a Argonaut e outas, com calças de todos os tipos, blusas, vestidos, moda inverno e muito mais, tudo até a numeração 50.

Outras lojas de departamento também tem um espaço reservado, como a Marisa, Renner, Riachuelo, entre outras.

há ainda as lojas e marcas especializadas. Algumas das que conheço e faço uso são Palank, Lunender e Cativa. A Palank tem loja própria, com um preço salgadinho, mas que vale a pena. Já a Lunender e a Cativa você pode encontrar em lojas de rua e de departamento, ou pelos sites.

Só alguns dos looks disponiveis no site da Lunender…


 

 

 

 

 

 

Pesquisando na net, encontrei no site da revista Gloss outras opções que procurarei conhecer, dentre as que me interessaram estão, a Julia Modas, do 44 ao 54 e a Milanina.

Mas o site dá dicas de outras, além daquelas citadas por mim.

http://gloss.abril.com.br/blog/entre-topetes-e-vinis/2011/07/28/lojas-plus-size-para-todos-os-gostos/

Amei todos… by Julia Modas


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

by do 44 ao 54

 

 


 



 

 

 

 

by Cativa

 

 

 

 

 

 

 

 

Outro portal que encontreina net foi o Posthaus, amei pois tem várias marcas e muitas opções.

Ah, e não posso me esquecer da Program, com várias lojas (no Tatuapé, no Aricanduva, em Santana, Interlargos e também fora de SP, como em Taubaté, Campinas e Osasco – é só buscar no site), além de looks maravilhosos.

 

by Program

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Então galera, vamos a luta, porque opções tem, então chega de se esconder.

Afinal, o que é bonito é para se mostrar, né.

Segue a lista com as lojas e seus sites:

Cativa

http://www.cativa.com.br

Do 44 ao 54

http://do44ao54.virtuapro.com.br

Julia Moda

http://www.juliamoda.com.br/

Lunender

http://lunender.com.br

Milanina

http://milanina.com.br/

Palank

http://www.palank.com.br

Posthaus

http://www.posthaus.com.br/loja/plus-size

Program

http://www.programmoda.com.br/index.asp

Anúncios

E aí vamos nós….

Nos últimos anos, 6 anos para ser mais exata, venho travando uma luta interminável contra a balança. Infelizmente minha maior sabotadora sou eu mesma e minha grande ansiedade que dificulta minha perda de peso e tem feito com que de vez em quando eu tenha acessos de fúria contra docinhos… kkkkkkkkk

Bem, tentei uma vez emagrecer com a ajuda de remédios, mas foi a maior roubada em que me meti. O médico me receitou dois, um pra ansiedade (minha traidora) e outro para ajudar no emagrecimento. Tomei os benditos por três meses, fiz uma reeducação alimentar com a ajuda do endocrinologista e perdi só no primeiro mês 5 quilos facilmente.

No entanto, após os três primeiros meses, o médico suspendeu o uso dos remédios, que estavam alterando minha pressão, e com um mês sem o uso deles, ganhei todo o peso perdido anteriormente. Ou seja, esses medicamentos são a maior roubada a não ser que faça uso deles permanentemente.

Já na primeira semana, sem o uso dos medicamentos, meu humor tava de cão. E sentia cheiro de doce por todo canto, é uma loucura psicológica.

Decidi então desistir, que se f…. tudo, já que é meu dilema ser gorda, vou ser feliz. Parei de paranóia e decidi aceitar minha condição. Não fiz mais da perda de peso uma luta, uma guerra a ser vencida. Fechei pra balanço…

Agora, meses depois, não me lembro quantos… Resolvi retomar meu objetivo. Mas dessa vez, quero perder peso por conta da minha saúde, e não para me enquadrar num padrão de beleza tão ultrapassado.

Sou gorda sim, mas sou bonita e me sinto muito bem comigo mesmo…

 

Cartões dia das mães

Nesse post publico algumas ideias de cartão para o dia das mães.

Infelizmente não tenho as referencias, pois é um arquivo do ano passado, e como sempre copiei para uso e não divulgação, nem anotei o nome dos sites, mas a partir de agora, tudo que encontrar ponho a referencia e os devido créditos…

Espero que gostem…

 

 

 

 

 

Comer, comer…

Venho aqui pra comentar sobre um assunto muitooooo bom: comer.

Hoje em dia quando se fala em gastronomia, temos a mão uma oferta monstruosa de opções para experimentar os mais diferentes temperos.

Um dos quais eu tinha pessoal prefêrencia, mas que infelizmente foi fechado em dezembro de 2010, é o Bar do Melo, um dia localizado na Rua Madre de Deus na Mooca. Com decoração e culinária nordestina, oferecia um cardápio riquissimo, onde meu favorito era escondidinho de carne seca e caldo de mocotó.

Mas para quem gosta de pizzas, uma boa pedida é a Pizzaria Bonanza, também na Mooca. Com pizzas, esfihas e calzones que até dispensam recheio, de tão saborosa que é a massa. Localizada na Rua Paulo de Lima Correia, tem um cardápio gigantesco de sabores e dá até pra montar o seu sabor com os ingredientes que quiser. O único defeito é só oferecer o delivery, comer no local é pouco provável, pois o salão é pequeno demais.

 

Já quem gosta de comida japonesa, eu indico o Gendai. Presente em diversos shoppings, tem um preço acessível e um cardápio saboroso. Destaque para o guioza (pastelzinho de carne com cebolinha), o harumaki de camarão (rolinho primavera de camarão com cream chease) e o shimeji domburi (arroz branco com carne, cogumelos e legumes refogados). Sem falar nos boats (barcos) com variedades de sushis e sashimis.

 

Outra boa pedida, mas que me decepcionou na última vez que fui, no final de 2011, é o Black Dog. Antes era uma das minha opções de lanche quando fazia facul, com uma lanchonete na esquina da rua Taquari, em frente a Praça Ciro Pontes. Com lanches suculentos e capazes de matar qualquer fome, de uns tempos pra cá mudou muito, com cara meio Mc Donald’s, que não aprovei muito.

 

Agora, quando se trata de fast food, na minha opinião, o Mc Donalds, Habbib’s e afins perdem feio para o Giraffas. Com opções de comida ou lanche, sempre escolho o bom e velho arroz com feijão, Coxxão ou Tilápia e os diversos acompanhamentos existentes no cardápio.

 

Mas se o assunto é padaria, recomendo a Cepam, localizada na rua Ibitirama. Ambiente agradável, comida maravilhosa e um sorvete colegial que é um sonho. Sem falar no brownie e nos lanches suculentos que dificultam a escolha tamanha são as opções.

 

E a Praça dos Pães, localizada na Praça Visconde de Souza Fontes na Moóca, que tive o prazer de conhecer recentemente enquanto voltava de uma consulta médica. Passei em frente, entrei e me apaixonei. Atendimento de primeira, um lanche de carne louca maravilhoso e um suco de acaí divino, como fazia tempo que não encontrava. E os docinhos então, uma loucura, recomendo a carolina de ferrero rocher e o pastelzinho português que não tem gosto de quindim como indicou a atendente, mas que não decepciona quanto ao sabor. Oferece também um buffet de frutas e chá da tarde, panquecas e crepes de todos os tipos.

E brevemente pretendo ampliar ainda mais minha gama desses conhecimentos. Recentemente adquirir um vocher para um rodizio de comida mexicana, que estou ansiossima em ir. No restaurante Guadalajara Mexican Food, na Rua Fernandes Vieira, no Belém. Andei pesquisando sobre o estabelecimento na net e só encontrei elogios sobre o local.

Espero que seja uma experiência maravilhosa, que logo estarei compartilhando com vocês.